Total de visualizações de página

quinta-feira, 12 de janeiro de 2012

Joaninha Fuxico


Poesia - A Joaninha

A Joaninha
com suas pretas pintinhas
e seu corpo de brasa acesa
é uma graça, uma beleza.
É a coisa mais fofinha
de toda a natureza.

Sabendo de sua beleza,
a Joaninha se olha no espelho
cheia de vaidade
e ajeita bem as pintinhas
como se fosse à cidade.

A Joaninha
tá gordinha,
mas dá gosto de ver,
dia e noite,
noite e dia,
não pára de comer.

A Joaninha
só tem grande medo
quando vê um passarinho.
Pra se salvar, a Joaninha
também tem o seu segredo:
solta logo um cheirinho
que tonteia o passarinho.


Elias José

2 comentários:

Atelier Mil e Uma Artes disse...

Ah,estou apaixonada!!Quanto capricho!!Muito,mas muito lindos seus trabalhos!!Adorei as flores, a joaninha...Tudo,tudo!!Parabéns,Karina!!Ah, e obrigada por nos brindar, com a singeleza,da poesia!!
Bjosss,
Adalgisa.

Karina Rigueiro disse...

Muito Obrigada Adalgisa Querida, lindo foi esse recadinho q vc deixou. Bom ano pra vc!! Valeu!! Beijão!!